Lisboa Soa realiza-se de 20 a 23 de setembro

  

Lisboa Soa

O Lisboa Soa - Encontro de Arte Sonora, Urbanismo e Cultura Auditiva está de regresso a vários espaços da capital. A entrada é livre.

 

Assumindo a sua itinerância por diferentes espaços da cidade, à 3.ª edição o festival instala-se este ano em três reservatórios de água de Lisboa. Mãe d'Água das Amoreiras, Reservatório da Patriarcal e Galeria do Loreto recebem quatro dias de descoberta verdadeiramente underground através de concertos, instalações site specific, masterclasses, workshops e passeios sonoros criados por artistas, nacionais e internacionais, que exploram as características físicas do espaço envolvente, levando a audiência a fruir, interagir, aprender e reflectir sobre o ambiente acústico que a rodeia.

O evento abre com um concerto da dupla Sirius. Mestre André e Carlos Godinho, com o projeto Banha da Cobra, o músico brasileiro Luís Bittencourt, mestre da experimentação de todo o tipo de instrumentos, o artista sonoro português Ricardo Jacinto, a norueguesa Jana Winderen, reconhecida pelo seu trabalho em torno de ambientes sonoros e ecossistemas de difícil percepção auditiva para o ser humano, e a dupla Henrique Fernandes e Jorge Quintela, são alguns destaques da programação. 

(Foto de Vera Marmelo)