Cofundador da Google quer lançar táxi aéreo

  

Cora.png

«Pode levantar voo como um helicóptero e voar como um avião». Chama-se Cora e é um táxi aéreo fruto do investimento do cofundador da Google.

Larry Page está a apostar nesta ideia através da startup Kitty Hawk que, em abril do ano passado, já havia testado outro protótipo de veículo voador, denominado Flyer.

Cora tem piloto automático, consegue voar a mais de 150 km/h e tem uma autonomia de 100 quilómetros. De modo a evitar a necessidade de pistas de aterragem estão a ser efetuados testes de descolagens e aterragens verticais na Nova Zelândia. A empresa está a negociar com o governo deste país para o início da comercialização destes táxis aéreos, até porque as autoridades têm o compromisso de chegar às zero emissões de gases até 2050.

O CEO da Kitty Hawk, Sebastian Thrun, contou à CNN que acredita que este projeto possa dominar os céus no espaço de cinco anos. Esta não é a única empresa apostada em novas alternativas no que aos meios de transporte diz respeito. A firma chinesa EHang está a desenvolver um drone de passageiros totalmente elétrico, a Airbus lançou em fevereiro o seu primeiro carro voador de piloto automático e a Uber está a trabalhar com a NASA para tornar realidade o seu projeto de veículo voador.